Páginas

quarta-feira, 1 de julho de 2009

PROJETO: Alimentação Saudável

DURAÇÃO: 6 meses


JUSTIFICATIVA:
A escola é um espaço privilegiado para a promoção da saúde e desempenha papel fundamental na formação de valores, hábitos e estilos de vida, entre eles o da alimentação.
A promoção de uma alimentação saudável no espaço escolar pressupões a integração de ações em três pontos fundamentais:

(1) ações de estímulo à adoção de hábitos alimentares saudáveis, por meio de atividades educativas que informem e motivem escolhas individuais;

(2) ações de apoio à adoção de práticas saudáveis por meio da oferta de uma alimentação nutricionalmente equilibrada no ambiente escolar e

(3) ações de proteção à alimentação saudável, por meio de medidas que evitem a exposição da comunidade escolar a práticas alimentares inadequadas.
O mercado da alimentação tem sido um dos mais prósperos da última década e sua conceituação vem se aperfeiçoando de segurança alimentar para segurança do alimento. De norte a sul, de leste a oeste, o assunto “Alimentação Saudável” é mais do que um tema: é uma meta.
Neste contexto, Implantar uma campanha educacional sobre o Alimento Saudável por meio da disseminação da informação e da organização do caminho do alimento desde sua produção, perpassando pelo fornecimento de insumos da produção até a escolha do cardápio do consumidor final é um importante instrumento de conscientização.
Assim, consciente de que o tema se insere ou, deve ser inserido, no primeiro campo de ação da prática pedagógica, observando a crescente curiosidade dos alunos a respeito dos alimentos e a valorização crescente em nosso país pela cultura “Fast-food”, é que se faz necessário esse projeto.

OBJETIVO GERAL:
Promover o consumo de alimentos saudáveis e a consciência de sua contribuição para a promoção da saúde de uma forma atraente, lúdica e educativa.


OBJETIVO ESPECÍFICO:
* Conscientizar os alunos sobre a importância e os motivos pelos quais nos alimentamos;

* Reconhecer os alimentos que faz bem à nossa saúde;

* Identificar cores, textura e os diferentes sabores dos alimentos.

* Pesquisar e registrar sobre a alimentação da família;

* Buscar informações em diferentes fontes de forma a verificar e comprovar hipóteses feitas sobre o assunto;

* Identificar semelhanças e diferenças entre os hábitos alimentares dos alunos;

* Refletir sobre as suas ações diárias em relação a sua saúde, o que engloba cuidado e preservação com o meio ambiente e com a higiene;

* Valorizar atitudes relacionadas à saúde e ao bem estar individual e coletivo;

* Valorizar o momento reservado à alimentação.


ÁREAS DO CONHECIMENTO/CONTEÚDO
*
Linguagem oral e escrita:

Interpretações pessoais
Pseudoleitura/Pseudoescrita
Narração de fatos
Escrita espontânea
Reconhecimento de letras

*Leitura oral de gêneros textuais instrucionais

Reconto
Escrita espontânea
Formação de palavras por troca de letras

Produção textual individual e coletiva
Linguagem Matemática:
Sistema de numeração (identificação, traçado e contagem)
Grandezas e medidas (sistemas de medida não-convencionais)


*Agrupamentos

Noções de operação (divisão)
Situações problemas (adição e subtração)
Noções de números pares e ímpares
Situações-problema
Sistema monetário
Seriação:
(Semelhança/diferença; pertinência/correspondência)

*Artes

Linguagem visual
Poesia
Música
Modelagem
Pintura
Desenho

*Ciências

Nosso corpo (higiene corporal)
Meio ambiente (produção de alimentos)
Vegetais
Nutrição e desnutrição
Horta

*História/geografia

Modos de alimentação dos grupos sociais;
Regras e princípios sociais;
TempoRECURSOS/ESTRATÉGIAS
Roda de conversas
Cozinha experimental
Músicas
Teatro
Pesquisas em diversas fontes (revistas, livros de receitas infantis, vídeo...)
Recorte, colagem e modelagem
Desenho livre
Alfabeto Móvel
Sucatas

PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS (AÇÕES)


Conversa e registro (desenhos) sobre a alimentação preferida das crianças;
Registro dos alimentos mais consumidos na família;
Identificação de semelhanças e diferenças entre hábitos alimentares dos alunos;
Construção de charadas que misturem informações sobre formas, cores e tamanhos das frutas, verduras e legumes;
Construção de jogo da memória a partir de imagens de frutas, verduras e legumes recortadas pelos alunos;
Identificação de frutas, verduras e legumes através do olfato e tato, utilizando a caixa surpresa;
Análise das obras do pintor Archiboldo Giuseppe, que utilizou frutas, verduras e legumes na construção das suas obras;
Solicitar que cada aluno traga de casa uma fruta, verdura ou legumes e conversar sobre as preferências através da degustação;
Trabalhar com recorte de frutas, verduras e legumes e pedir que os alunos construam um prato que represente uma alimentação saudável;
Utilização da horta para plantação das hortaliças de rápido crescimento, fazendo a avaliação semanal com registro;
Preparação e degustação de receitas saudáveis;
Preparação de lanches saudáveis;
Organização de um livro de receitas baseado na história “A Cesta da dona Maricota”

PRODUTO FINAL
Finalizaremos o projeto com a elaboração de um livro contendo todo o trabalho realizado pelos alunos.

AVALIAÇÃO
A avaliação ocorrerá de forma coletiva, com a participação do grupo. Neste momento os alunos se posicionarão sobre os pontos positivos e negativos do projeto, traduzida em relatos expostos na sala em espaço especialmente organizado e também através de relatório organizado pela professora.

BIBLIOGRAFIAMARTINS, Rosicler. Vida e Alimento. São Paulo: Moderna, 1993.Revista Cozinha Prática. Publicação editada pela parceria Instituto do Coração e Edições Cozinha Saudável (Internet).BELINK, Tatiana. A cesta da dona Maricota. São Paulo: Paulinas, 2005.

Colégio Curumim II
Professora: Fernanda Reis Dias

2 comentários:

Consultora Educacional disse...

Gosto muito dos artigos de seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver meu Curso de Informática online.Emily Nascimento

Daniela disse...

Olá gostria de saber de que forma você fez o livro para o registro final das atividades.